Ceará Cresce Brincando

Aqui se cresce brincando!

Arquivos Mensais: dezembro 2011

A Caravana do Brincar de Viçosa do Ceará

Em outubro deste ano, Viçosa do Ceará recebeu a Caravana do Esporte e da Música, um projeto muito bacana que leva mais que esporte e música a milhares de crianças, adolescentes e seus professores. Faz chegar aos quatro cantos deste país muita arte, cultura, oportunidade, inclusão, valorização do ser humano.

Hoje, apenas dois meses após a realização do projeto no município, um grupo de professores de educação física, encabeçado pelos educadores sociais da brinquedoteca do Programa O Ceará Cresce Brincando deu vida à Caravana do Brincar, um projeto inspirado pela Caravana do Esporte, que leva aos distritos e localidades de Viçosa muita brincadeira e diversão.

Crianças na oficina da música na Caravana do Brincar em Viçosa do Ceará

Estação do basquete com as cestas produzidas a partir de material reciclável

Estação do futebol coordenada por um professor que participou das oficinas oferecidas pela Caravana do Esporte

Jordeana Araujo, educadora social brinquedista do projeto há quatro anos, afirmou que o objetivo é chegar até as crianças que não tem condições de ir até a brinquedoteca, instalada num casarão tombado pelo patrimônio histórico, no centro da cidade.

No último dia 15, a Caravana do Brincar chegou à localidade de Tucuns e levou a mais de 250 crianças e adolescentes, atividades com dança, música, vôlei, basquete, futebol, atletismo e tênis. Assim como na Caravana do Esporte, o projeto dos educadores de Viçosa se organizou em estações do esporte e da música, e utilizou materiais recicláveis para construir tambores, chocalhos e tabelas de basquete.

Parabéns aos educadores sociais brinquedistas, professores, comunidade, Secretaria de Educação e de Ação Social pela brilhante iniciativa. O brincar é um direito de todos e é papel nosso democratizá-lo e torna-lo uma realidade na vida de nossas crianças e adolescentes.

Muita alegria na comunidade de Tucuns, em Viçosa do Ceará

Anúncios

No CCB também tem espaço pra contação de história

Professor Raimundo Moreira fala sobre os elementos importantes para uma boa contação de história

Amanhã é o último dia da terceira etapa da Formação dos Educadores Sociais Brinquedistas do Programa O Ceará Cresce Brincando (CCB). Ela se encerrará com uma reunião entre os realizadores do programa – Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE) – os educadores capacitados e os gestores dos respectivos municípios. O objetivo é reforçar a parceria e a importância do papel dos gestores no bom desenvolvimento das atividades no município.

Nesses dias de formação foi enfatizado o que define uma educação integral às nossas crianças e adolescentes: o papel da família de cuidar educando, a atuação das instituições de ensino de escolarizar com qualidade e, por último, a função de profissionais como os educadores sociais de favorecer o crescer com desenvolvimento. E o brincar é um elemento importantíssimo para uma educação integral. O brincar, a leitura, a contação de história, a criatividade, todos se complementam para favorecer o desenvolvimento infantil.

Nesta etapa, a contação de história ganhou um destaque todo especial na programação. Raimundo Moreira e Luizete Carvalho, atores, educadores e contadores de história passaram os dias de hoje e ontem trabalhando com histórias, criação de personagens, cenários, e outros elementos que favorecem a atividade.

Ireneide da Costa, educadora social do município de Aracati conta uma história

Segundo eles, a palavra, o corpo e suas expressões e movimentos conseguem contar qualquer tipo de história. “Vamos aqui criar materiais que facilitarão a contação de história, como o teatro de sombras, o tricô de dedo, os bonecos para teatro de mesa. Tudo feito com materiais simples como bombril, barbante, malha, fio de lã. A intenção é mostrar que não precisa muita coisa para se criar um recurso lúdico”, afirmaram os professores. Durante as aulas, além de confeccionar esses materiais, os educadores aprenderam como manusear e qual a postura devem ter com cada um dos elementos.

Agora é partir pra prática, afinal todos temos um contador de história dentro de cada um de nós.

Troféu de Empresa Manipuladora vai para Mattel

No dia 30 de novembro pais, mães, profissionais e representantes do Instituto Alana, organização sem fins lucrativos que fomenta a promoção da assistência social, da educação, da cultura e está a frente do Projeto Criança e Consumo, foram para frente da empresa Mattel  realizar um protesto contra a manipulação de crianças através de anúncios publicitários.

Duas semanas antes do Dia das Crianças a Mattel foi responsável pela veiculação de 8.900 anúncios de produtos infantis em cerca de 15 canais de televisão. Diante do impressionante número, o movimento de protesto resolveu dedicar à empresa o troféu de “Prêmio Manipuladora”. Segundo representantes do Instituto Alana, “é preciso dar aos nossos pequenos o direito de assistir a um desenho que eles gostem sem ter que pagar a conta mais cara de todas, que é ver uma geração inteira crescer acreditando que é preciso ter para ser”.

O Projeto Criança e Consumo já existe desde 2005 e possui um blog próprio só para discutir assuntos relacionados a relação da infância com o consumismo (www.consumismoeinfancia.com) . Segundo o site da instituição, o projeto “desenvolve atividades que despertam a consciência crítica da sociedade brasileira a respeito das práticas de consumo de produtos e serviços por crianças e adolescentes”. Além disso, o projeto busca debater e apontar meios que minimizam os impactos negativos causados pelos investimentos maciços na mercantilização da infância e da juventude, como o consumismo, a erotização precoce, a incidência alarmante de obesidade infantil, a violência na juventude, o materialismo excessivo, dentre outros.

Para saber mais sobre o protesto contra a empresa Mattel e as atividades do Instituto Alana e do Projeto Criança e Consumo, acesse http://www.alana.org.br/CriancaConsumo/Projeto.aspx.