Ceará Cresce Brincando

Aqui se cresce brincando!

Arquivos Mensais: fevereiro 2012

Implantando os Núcleos Movimento

Neste mês de fevereiro, a Caravana do Brincar de Viçosa do Ceará – projeto idealizado a partir da metodologia da Caravana do Esporte – realizou a primeira capacitação em esporte educacional com 50 adolescentes, entre educadores e facilitadores do Programa Sócio Assistencial Projovem Adolescente. O objetivo é implementar a metodologia do esporte educacional nas escolas e na comunidade, norteada pelos princípios de inclusão de todos, respeito à diversidade e construção coletiva.

O primeiro momento foi importante para esclarecer o que é o esporte educacional. Em seguida, aprofundou-se a metodologia que será utilizada nos polos do Núcleo Movimento. A capacitação ainda contou com aulas práticas sobre o esporte educacional.

Capacitação para formação dos Núcleos Movimento

Educadores sociais do CCB explicam a metodologia do trabalho

A capacitação foi ministrada por professores que participaram das oficinas oferecidas pelo Projeto Caravana do Esporte, que passou pela cidade de Viçosa do Ceará, em outubro de 2011.

Cada um desses adolescentes ficará responsável por desenvolver o esporte educacional nas escolas, praças e quadras do município. Cada comunidade formará uma turma do Núcleo Movimento, que sempre será acompanhado pela equipe da Caravana do Brincar, formada também pelos educadores sociais do Programa O Ceará Cresce Brincando. A meta inicial é criar 24 turmas.

Ainda em fevereiro, a equipe realizou mais uma edição da Caravana do Brincar. Dessa vez, na comunidade de Assemim. Ao todo, foram 200 crianças e adolescentes atendidos.

Caravana do Brincar em Assemim/Viçosa do Ceará/CE

Informações retiradas do site: http://www.vicosadoceara.com/noticias2012/noticia1602.php

A cultura do brincar ganhou mais um reforço

No último dia 16 a Assembleia Legislativa do Ceará ganhou um colorido diferente. Mapeamentos culturais e calendários do brincar produzidos pelos 80 educadores sociais do Programa O Ceará Cresce Brincando, durante os quatro meses de formação, ganharam destaque na exposição montada em frente à entrada do Plenário 13 de Maio.

Educadores sociais apresentam o mapeamento cultural do brincar do seu município

Calendário do brincar produzido pelso educadores sociais durante as capacitações

Junto desses trabalhos haviam também sorrisos, abraços e palavras de carinho de quem viveu muitos aprendizados, brincadeiras e questionamentos. Toda essa atmosfera de comemoração marcou a certificação dos educadores sociais da quarta turma formada pelo Programa.

“Todos os que hoje recebem essa certificação, devem ter a consciência de suas responsabilidades e do compromisso com as crianças e adolescentes de seus municípios”, afirmou a deputada estadual e presidente da Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa, Bethrose Fontenele.

A solenidade contou com a palestra “A seara das crianças, as crianças do Ceará”, do educador Gandhy Piorski que falou sobre a relação que as crianças estabelecem com o meio ambiente e seus elementos. “Existe um brincar no Brasil que é o brincar das pequenas comunidades. Nesses locais, que a criança tem menos acesso ao consumo, ela tem a chance de investigar a vida, de questionar o mundo”, comentou Piorski.

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará durante a solenidade de certificação dos educadores sociais do CCB

Educadores sociais do Programa O Ceará Cresce Brincando

Celia Costa Lima, presidente da Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE), instituição realizadora do CCB, juntamente com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), falou sobre a importância psicossocial do brincar: “A sociedade precisa de cidadãos saudáveis e para isso é necessário que ele tenha tido a oportunidade de brincar na vida”.

Educadores do CCB serão certificados

Foto da certificação dos educadores da terceira turma, em 2011Na próxima quinta (16), às 15h, acontece no Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa do Ceará a certificação da quarta turma dos educadores sociais do Programa O Ceará Cresce Brincando (CCB), realizado pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) e coordenado pela Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE). Os 80 educadores, dos municípios de Alto Santo, Aracati, Acaraú, Acopiara, Barbalha, Caridade, Carnaubal, Cascavel, Crateús, Croatá, Deputado Irapuan Pinheiro, Forquilha, Guaiuba, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Iguatu, Itapiúna, Iracema, Massapê e Pacoti participam desde outubro de 2011 de encontros mensais, que totalizaram uma carga horária de 220 horas/aulas. Eles agora retornam aos seus municípios com a função de propagar a importância da cultura do brincar e do esporte educacional por meio de atividades lúdicas e criativas, que envolvam a criança, sua família e sua comunidade, favorecendo, assim, um encontro intergeracional em torno do brincar.

Durante o dia da certificação, os educadores irão expor os mapeamentos culturais do brincar,que foram construídos durante a formação. Os municípios possuem um rico patrimônio cultural que, muitas vezes, fica subutilizado. O objetivo do mapeamento é justamente identificar esses mestres de cultura, artesãos, espaços e datas festivas que podem ser agregados, para juntos formarem um movimento cultural do brincar no município. Os trabalhos, marcados pelo colorido e pela criatividade dos educadores, estarão expostos na entrada do Plenário 13 de Maio.

A última etapa da formação está acontecendo desde o dia 13 de fevereiro e será finalizada com a certificação do dia 16. Gandhi Piorski, pesquisador do universo lúdico e parceiro do Programa O Ceará Cresce Brincando desde o seu início, em 2007, irá levar os educadores até Vila Lagedo, na zona rural de Maranguape. Lá, vai apresentar um projeto desenvolvido por ele, que trata sobre as brincadeiras de quintal e a sua importância para o desenvolvimento infantil. Tâmara Bezerra, contadora de histórias, irá contar e encantar histórias com a oficina “Encontando” e, por fim, Valdir Cimino, fundador da Associação Viva e Deixe Viver (SP), que treina voluntários para se tornarem contadores de histórias em hospitais para crianças e adolescentes, contará um pouc sobre sua experiência.