Ceará Cresce Brincando

Aqui se cresce brincando!

No CCB também tem espaço pra contação de história

Professor Raimundo Moreira fala sobre os elementos importantes para uma boa contação de história

Amanhã é o último dia da terceira etapa da Formação dos Educadores Sociais Brinquedistas do Programa O Ceará Cresce Brincando (CCB). Ela se encerrará com uma reunião entre os realizadores do programa – Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE) – os educadores capacitados e os gestores dos respectivos municípios. O objetivo é reforçar a parceria e a importância do papel dos gestores no bom desenvolvimento das atividades no município.

Nesses dias de formação foi enfatizado o que define uma educação integral às nossas crianças e adolescentes: o papel da família de cuidar educando, a atuação das instituições de ensino de escolarizar com qualidade e, por último, a função de profissionais como os educadores sociais de favorecer o crescer com desenvolvimento. E o brincar é um elemento importantíssimo para uma educação integral. O brincar, a leitura, a contação de história, a criatividade, todos se complementam para favorecer o desenvolvimento infantil.

Nesta etapa, a contação de história ganhou um destaque todo especial na programação. Raimundo Moreira e Luizete Carvalho, atores, educadores e contadores de história passaram os dias de hoje e ontem trabalhando com histórias, criação de personagens, cenários, e outros elementos que favorecem a atividade.

Ireneide da Costa, educadora social do município de Aracati conta uma história

Segundo eles, a palavra, o corpo e suas expressões e movimentos conseguem contar qualquer tipo de história. “Vamos aqui criar materiais que facilitarão a contação de história, como o teatro de sombras, o tricô de dedo, os bonecos para teatro de mesa. Tudo feito com materiais simples como bombril, barbante, malha, fio de lã. A intenção é mostrar que não precisa muita coisa para se criar um recurso lúdico”, afirmaram os professores. Durante as aulas, além de confeccionar esses materiais, os educadores aprenderam como manusear e qual a postura devem ter com cada um dos elementos.

Agora é partir pra prática, afinal todos temos um contador de história dentro de cada um de nós.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: