Ceará Cresce Brincando

Aqui se cresce brincando!

Arquivos Mensais: abril 2012

Pintando o Sete em Guaraciaba do Norte

O município de Guaraciaba do Norte nos enviou um material bem bacana sobre uma sequência lúdico-didática que os educadores sociais realizaram há pouco tempo. Cerca de 150 crianças de 4 a 7 anos, participaram da atividade que levou o nome “Pintando o Sete” e aconteceu em um amplo espaço da Escola João Barreto dos Santos.

O objetivo era o de trabalhar, por meio da ludicidade, habilidades como a liderança, a criatividade e algumas técnicas teatrais. As crianças foram divididas em estações de brincadeiras, como as do labirinto de elástico, do tiro ao alvo, da aeróbica com balões, dos jogos populares, entre muitas outras.

As atividades forma concluídas com uma roda de conversa, em que as crianças e os educadores avaliaram e colocaram seus pontos de vista em relação à proposta da sequência lúdico didática.

Pedimos que sempre que houver novidades sobre as atividades do CCB nos municípios, não deixem de nos informar, para que as mídias sociais do Ceará Cresce Brincando estejam sempre atualizadas!

Que tal uma leitura bem boa com as crianças, hoje?

Hoje é dia de Ziraldo, Monteiro Lobato, Ruth Rocha, Ana Maria Machado, Irmãos Grimm, La Fontaine. É dia de ler muito, ler com os amigos, com a família, na escola, no bairro, ler livro de papel, de pano, grande, pequenino, colorido, ou preto e branco. Hoje, o Dia Nacional do Livro Infantil, deve ser comemorado simplesmente assim: lendo bastante.

É claro que os livros devem, e precisam fazer parte da vida das crianças sempre, todos os dias do ano. Só que, em homenagem a Monteiro Lobato, que nasceu no dia 18 de abril de 1882, a data ficou marcada como o dia em que se celebra e se promove o livro infantil.

Dessa forma, pensamos em uma lista de alguns bons livros infantis. Ela pode servir de inspiração para uma passada na livraria, na biblioteca, ou até na casa daquele amigo que adora emprestar livros. Vamos lá?

Do alto do meu chapéu

Editora: Projeto

Autor: Gláucia de Souza

Ilustrações: Hans Christian Andersen

Pouca gente sabe que o autor de contos como “O patinho feio” e “A pequena sereia” criava formas surpreendentes com tesoura e papel enquanto contava histórias. A autora se inspirou nessas figuras para criar os poemas que estão nesse livro.

O alvo

Editora: Àtica

Autor: Ilan Brenman

Ilustrações: Renato Moriconi

A narrativa é incrível e as ilustrações também. A história é sobre um velho professor que vive na Polônia do século XIX e dá sábios conselhos, por meio de histórias. O projeto gráfico é criativo e a todo tempo brinca com o alvo da capa.

Emília no país da Gramática

Editora: Globo

Autor: Monteiro Lobato

Ilustrações: Hector Gomez

Este livro conta a viagem que Pedrinho, Narizinho, Visconde, Quindim e Emília fazem até o País da Gramática. Lá eles aprendem a língua portuguesa usando a imaginação e a criatividade.

 Uma princesa nada boba

Editora: Cosac Naify

Autor: Luiz Antonio

Ilustrações: Biel Carpenter

Uma narrativa instigante conta a história de uma menina negra que sonha em ser igual as princesas dos contos de fadas. No decorrer do livro, ela vai fazendo importantes descobertas.

Como ensinar seus pais a gostarem de livros para crianças

Editora: Pulo do Gato

Autor: Alain Serres

Ilustrações: Bruno Heitz

Nesse livro, o ponto de vista das crianças é assumido pelo autor, que transforma a sua leitura em um momento de muitas gargalhadas e diversão. As ilustrações, bem cômicas, também ganham destaque e se afinam facilmente com o texto.

Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias

Editora: Salamandra

Autor: Ruth Rocha

Este livro é uma das obras-primas da literatura infanto-juvenil, e já vendeu mais de um milhão de exemplares. Os personagens dos três contos que compõem o livro são crianças que resolvem seus impasses com muita esperteza e vivacidade.

Para quem quiser mais dicas de livros, histórias e saber curiosidades do universo dos livros infantis não pode deixar de conhecer o site O pequeno leitor. Muita coisa bacana é mostrada por lá! Confiram e leiam muito!

Parabéns, Aracati!

Aracati é um dos municípios que integra o Programa O Ceará Cresce Brincando e que se destaca pela inventividade e criatividade do seu povo. No CCB, os educadores sociais estão sempre envolvidos com contação de história, teatros de sombra, de fantoche, apresentações musicais e muita brincadeira com as crianças e adolescentes do município.

Ontem, dia 15/04, Aracati orgulhou todos os cearenses, ganhando o quadro “Dança da Galera”, do Programa Domingão do Faustão. 1350 pessoas participaram da apresentação, que foi embalada pela música “Pedras que cantam”, de Raimundo Fagner. O município competiu com a cidade de Diamantina, em Minas Gerais. O prêmio, no valor de R$100.000, será investido em projetos culturais.

O CCB parabeniza Aracati e todos os envolvidos nessa iniciativa tão bacana!

Para ver a apresentação clique aqui e apuração dos votos, aqui.

 

Circo vira tema de sequência didática

Acessórios de palhaço, caixas coloridas, velas, algodão, buzina, bonecos, apitos, espelho, tinta, bolinhas e balão. Tudo isso, misturado com muita alegria e crianças se divertindo bastante, deu o tom das sequências didáticas realizadas pelas educadoras sociais de Quixeramobim, município integrante do Programa O Ceará Cresce Brincando.

Crianças durante as atividades da sequência didática "A magia de brincar no circo"

Muitas brincadeiras divertiram as crianças em Quixeramobim

“A magia de brincar no circo” e “Brincando com arte” foram os temas escolhidos para as sequências didáticas. Na primeira, realizada durante toda uma semana de fevereiro, em escolas e no Hospital Infantil, as crianças puderam conhecer um pouco mais sobre o universo circense, os personagens e histórias características do circo. Já na segunda sequência, realizada em março de 2012, as educadoras sociais propuseram às crianças, contação de histórias e brincadeiras que envolviam manifestações artísticas, como música e dança.

Segundo as educadoras, “o brincar, para as crianças, pode ser visto como um modo de experimentar o mundo, por isso ele ocupa um espaço transcendente de criação e inovação”.