Ceará Cresce Brincando

Aqui se cresce brincando!

Arquivos de tags: sequencia ludico didatica

Pintando o Sete em Guaraciaba do Norte

O município de Guaraciaba do Norte nos enviou um material bem bacana sobre uma sequência lúdico-didática que os educadores sociais realizaram há pouco tempo. Cerca de 150 crianças de 4 a 7 anos, participaram da atividade que levou o nome “Pintando o Sete” e aconteceu em um amplo espaço da Escola João Barreto dos Santos.

O objetivo era o de trabalhar, por meio da ludicidade, habilidades como a liderança, a criatividade e algumas técnicas teatrais. As crianças foram divididas em estações de brincadeiras, como as do labirinto de elástico, do tiro ao alvo, da aeróbica com balões, dos jogos populares, entre muitas outras.

As atividades forma concluídas com uma roda de conversa, em que as crianças e os educadores avaliaram e colocaram seus pontos de vista em relação à proposta da sequência lúdico didática.

Pedimos que sempre que houver novidades sobre as atividades do CCB nos municípios, não deixem de nos informar, para que as mídias sociais do Ceará Cresce Brincando estejam sempre atualizadas!

Anúncios

Dica de sequência didática!

Semana passada as educadoras sociais de Acopiara, município integrante da quarta turma do Programa O Ceará Cresce Brincando (CCB), nos enviaram a sequência didática realizada no mês de fevereiro. O tema “É tempo de fazer amizades” levantou a importância dos amigos em nossa vida.

A sequência foi planejada de acordo com a programação do calendário do brincar, idealizado durante a Formação dos Educadores Sociais, em Fortaleza. A ideia e a estrutura da sequência ficaram tão organizadas que resolvemos dividir com vocês o material elaborado por elas.

Confiram aqui!

PROJETO O CEARÁ CRESCE BRINCANDO

Sequência lúdico-didática de Acopiara

Brincadeira Corrente da Amizade com crianças e adolescentes de Acopiara.

 Tema: “É Tempo de fazer Amizades”

Objetivo: O objetivo do tema é comemorar o Mês da Amizade, a importância de ter um amigo, o amor, o carinho, a compreensão e a alegria de poder compartilhar bons momentos ao lado de um amiguinho. As brincadeiras a serem desenvolvidas irão trabalhar a coordenação motora e psicossocial, e as relações sócio afetivas.

Participantes: Até 50 participantes de 07 a 14 anos; 04 educadores (02 parceiros).

Espaço: Amplo, plano, partes cobertas e ao ar livre.

Tempo Escolar: Fevereiro (28/02/12).

Habilidades/competências do educador: Respeito e dedicação para realização das atividades. Organização e desenvoltura com toda a programação, além de responsabilidade e compromisso.

Parceiros: Secretaria de Desenvolvimento Social, Núcleo de Artes, Programa PETI, professores colaboradores e funcionários.

Material necessário: Canetinha, bila, lápis de cera e de cor, cola branca, bambolês e (acessórios com som e música).

1. Introdução/Acolhida: Numa pequena roda de conversa será realizado um breve histórico sobre a amizade e apresentação do tema com a música “Dança da Amizade”. Em seguida será contada a historia “O mosteiro de São Bento” e para finalizar a acolhida com a música, “Super Fantástico”.

1.1    “Essa é a dança, é a dança da amizade, é a alegria para lá e para cá, – HEY (BIS)

Laia, laia, laia – HEY (BIS) 03 vezes.

 1.2   “São Bento tinha um mosteiro

No mosteiro tinha um pátio

No pátio tinha uma árvore

E nessa árvore muitos galhos

Nos galhos tinha um ninho

E no ninho tinha um ovo

E no ovo tinha pássaro

“Que bicou o seu nariz.”

 

Atividades em equipe. Acopiara/CE.

2. Executando

2.1 Descobrindo Letras e Formas: Organizadas em filas de cinco ou mais pessoas, (a brincadeira se desenvolve como uma mímica), cada pessoa desenha uma letra ou uma forma nas costas do colega, no final da fila há um resultado de acordo com o que cada pessoa entendeu.

Variações – Podem-se desenhar invisivelmente no chão, símbolos, letras, formas geométricas com o próprio corpo, pernas e pés, dificultando a brincadeira. Colocam-se também símbolos diferentes para intensificar as variações.

2.2 O monstrinho da Amizade: Esse é um momento de pura arte e imaginação, onde todas as crianças receberão material para a produção do Monstrinho. Com ajuda dos educadores as crianças serão orientadas para a criação da arte com recortes e pinturas. O objetivo é que no final da produção o Monstrinho possa se locomover aos pulinhos garantindo assim a alegria da criançada.

2.3 Corrente da Amizade: Organizando as crianças em círculo e de mãos dadas, com o auxílio de bambolês (Corrente da amizade), eles vão passando o bambolê por entre o corpo até chegar ao colega ao lado sem soltar as mãos.

Variações – De acordo com a introdução de mais bambolês, irá se intensificar o grau da brincadeira. Pode-se aumentar até quatro ou cinco bambolês, dependendo do numero de crianças.

 

Relação de amizade e carinho com as crianças

3. Avaliação

Avaliação poderá ser realizada verbalmente onde cada criança pode aproveitar e dar sugestões do que gostaria de conhecer e aprender, mostrando assim suas próprias vivências já adquiridas no seu dia a dia. Observando a percepção e atenção dos mesmos em relação a toda temática utilizada durante a execução da sequência.

Boas ideias de sequências didáticas

Crianças vivenciando sequência didática em Barbalha

Aproveitando janeiro, o mês que se comemora o Dia de Reis, Barbalha, um dos municípios integrantes do Programa O Ceará Cresce Brincando, desenvolveu com crianças do bairro de Alto da Alegria uma atividade bastante interessante.

Por meio de uma experiência democrática e comprometida com os valores defendidos pelo Programa, foi realizada uma sequência didática baseada no tema: Dia de Reis – A cultura do reizado em nosso município. É importante ressaltar que as sequências didáticas são uma metodologia aprendida durante a Formação dos Educadores Sociais. São eixos norteadores da organização das etapas da atividade que a ser planejada.

As crianças e adolescentes participaram de rodas de conversa sobre o tema, assistiram apresentações culturais, criaram personagens do reizado em uma oficina de argila e ainda escutaram os depoimentos de quem participou dessa manhã de atividades.

Trabalho desenvolvido em Carnaubal

Outro município que desenvolveu de forma bem bacana a sequência didática foi Carnaubal. Ainda no final de 2011, o tema escolhido para o trabalho foi o Natal dos Brinquedos, momento em que as crianças construíram seus próprios brinquedos com material reciclável.

Exemplos como esses mostram que grande parte do sucesso de uma sequência didática depende da criatividade e do empenho que o educador social terá com ela. Existindo isso, a certeza é que toda criança se entregará de forma leve e espontânea ao trabalho.

 

Municípios dão show de criatividade nas atividades do CCB

O ano de 2012 já começou intenso e promete muitas atividades para municípios, brinquedotecas e educadores sociais do CCB. Inclusive, muitos não deram folga pra programação e encheram as crianças e adolescentes de atividades cuidadosamente pensadas para elas.

Além das sequências lúdico-didáticas realizadas com as crianças dos grupos de leitura do Programa Zumbi, os educadores sociais de Aracati preparam uma criativa Oficina de Contação de Histórias Natalinas. As próprias crianças confeccionaram os personagens das histórias, com cartolina, lápis e canetas coloridas. Após essa etapa, as histórias eram contadas através de um fantoche de sombras.

Crianças em Aracati durante a Oficina de Contação de Histórias Natalinas

Teatro de fantoche produzido pelas crianças e educadores sociais de Aracati

Sequência lúdico didática sendo realizada em Alto Santo

Croatá e Alto Santo também se dedicaram às sequências lúdico-didáticas, tanto trabalhadas durante as capacitações. Em Croatá, a atividade foi realizada com as crianças do projeto Passo a Passo, e em Alto Santo foi feito uma parceria com a Biblioteca Pública Municipal, através do projeto “Os livros não tiram férias”. A programação de Alto Santo acontece até o dia 11/1, próxima quarta-feira.

Já Viçosa do Ceará animou as férias da garotada com o Brinque Circo, um circo inteiramente feito pelos educadores sociais brinquedistas do CCB que vai até os distritos e comunidades mais distantes da sede.

Crianças se divertem com sequência lúdico didática coordenada pelos educadores sociais de Croatá

Turma do Brinque Circo de Viçosa do Ceará

É muito bom saber que todo esse trabalho e dedicação estão oferecendo aquilo de melhor que uma criança pode ter, o prazer de brincar, de rir, de imaginar e de ser feliz. O CCB parabeniza as iniciativas e lembra que este blog e suas outras mídias estão sempre à disposição das boas ideias. Um bom começo de ano a todos e um 2012 de muito trabalho no Programa O Ceará Cresce Brincando!