Ceará Cresce Brincando

Aqui se cresce brincando!

Arquivos de tags: crianças

As mídias, a publicidade e o brincar

brincando com papelão“As crianças hoje brincam cada vez menos, pois ficaram dependentes dos brinquedos e produtos tecnológicos que o mercado oferece e que os pais têm comprado, motivados mais pelo marketing do que pela consciência. A vida corrida, falta de tempo de lazer e a invasão de smartphones, videogames e computadores estão transformando drasticamente os vínculos familiares e o tempo de lazer”.

É com esse trecho de um excelente texto encontrado no site Prioridade Absoluta – Criança em primeiro lugar que começamos o ano falando sobre como as crianças estão “desaprendendo a brincar” diante do arsenal de artigos tecnológicos – celulares, tablets, videogames, computadores – que invadem o mercado e a publicidade, principalmente, televisiva. O link feito entre o consumo exagerado e o brincar espontâneo e o imaginar livre é excelente para refletirmos como podemos trabalhar na contramão desse movimento.

Leiam, levem este artigo para as escolas, discutam em reuniões de pais, professores, façam rodas de conversa com as crianças, alertem sobre os efeitos da publicidade infantil e, sempre estimulem o brincar da sua forma mais simples. Crianças, de praxe, são criativas, curiosas, gostam de experimentar. Da caixa de papelão fazem um foguete, ou avião, gostam de bola, de corda, de invenção, de histórias, de brincadeiras de correr, de se movimentar, que exijam seu esforço. Por isso, a prioridade de quem está ao lado delas é sempre estimular tudo isso e deixar os celulares e eletrônicos em segundo plano. Ou melhor, deixar pra quando eles crescerem e, involuntariamente, necessitarem desses objetos na sua rotina.

Vejam o artigo  completo “Criança na mira da publicidade”, aqui.

Anúncios

Em Itaiçaba tem brincadeira pra todos os gostos

Desde que abriu suas portas no final de dezembro de 2012, o Espaço de Referência do Brincar de Itaiçaba anda com um ritmo bem acelerado. Na verdade, não é só o Espaço que está cheio de atividades, mas as educadoras sociais capacitadas pelo CCB já estavam desenvolvendo as sequências didáticas bem antes da inauguração da brinquedoteca e agora com o novo espaço ganharam um novo gás.

Na segunda quinzena de fevereiro, as educadoras fizeram uma roda de leitura com crianças do 2º ano e a história apresentada foi a do livro “Toda criança tem o direito de ler o mundo”, de Fabiano dos Santos. Já no início de março, o tema da sequência didática foi o Dia da Mulher. Mais de 80 adolescentes da E.E.F. Padre Abílio Monteiro Neto participaram das atividades, que foi acompanhada de perto por uma assistente social.

itaicaba10itaicaba4itaicaba2itaicabaAtualmente, a sequência que está sendo trabalhada é a “O coelhinho que não era de páscoa”, inspirada no livro de mesmo nome, da autora infantil Ruth Rocha. As atividades com a temática da páscoa vão ser realizadas até o final deste mês de março com crianças de 5 a 9 anos, da zona urbana e rural de Itaiçaba. Segundo as educadoras, crianças de duas localidades vivenciaram as atividades na brinquedoteca, enquanto outros dois sítios que ficam mais distantes, vão receber a visita da equipe até o final desta semana.

O Espaço de Referência do Brincar de Itaiçaba fica dentro da E.E.F Dulcinea Gomes Diniz, e funciona diariamente, das 7h às 12h. A equipe do CCB de Itaiçaba está lá aguardando sua visita!

Todos são responsáveis

Nesse mês de maio, determinou-se um dia para se falar, debater e buscar soluções para um dos crimes mais graves e inaceitáveis, vivido por milhares de crianças e adolescentes, em todo o Brasil, e principalmente na região Nordeste. O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é celebrado todo 18 de maio e serve como um alerta para sociedade e poder público.

Exploração sexual representa a utilização de crianças e adolescentes em atividades sexuais remuneradas, ou não, como a exploração no comércio do sexo ou na pornografia infantil. Ela não está ligada exclusivamente ao ato sexual, mas a qualquer tipo de relação sexual ou atividade erótica que implique proximidade físico-sexual entre a vítima e o explorador.

Segundo dados do Disque Direitos Humanos, em 2011, a região com o maior registro de denúncias foi a Nordeste, com 37.779 denúncias, 38% do total. Em seguida, aparecem as regiões Sudeste (32.088), Norte (10.501), Sul (10.366) e Centro-Oeste (7.701).

Tratando-se do Ceará, o assunto é ainda mais sério. O estado sempre figurou no ranking nacional de casos de tráfico de crianças e adolescentes. Uma articulada rede de hotéis, pousadas, agências de turismo e bares sustentam o crime.

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) assegura o respeito à integridade física, psicológica e moral de todas as crianças e adolescentes, mas na prática todo mundo sabe que a vulnerabilidade sócio-econômica e psicológica das classes mais baixas, atrelada à impunidade dos crimes, e a cultura patriarcal vigente, falam mais alto que a validação dos direitos.

Mudar esse quadro é um processo difícil, mas que não pode, por isso, ser ignorado. A responsabilidade por essa mudança é de todos. A criança é frágil e vulnerável. Ela depende e conta com a proteção da família, escola, sociedade e governo.

Uma importante ferramenta de denúncia é o Disque 100, um serviço gratuito que recebe denúncias de violência contra crianças e adolescentes. O atendimento é feito durante 24 horas e em todos os dias da semana. As denúncias também podem ser feitas pelo site www.disque100.gov.br. Além disso, a Campanha Faça Bonito realiza, há anos, um bom trabalho de divulgação e combate à exploração de crianças e adolescentes. Conheça o site http://www.facabonito.com.br/, e ajude a divulgar a campanha, porque, afinal, assegurar um desenvolvimento feliz e saudável às crianças e adolescentes, é responsabilidade nossa.

 

Pintando o Sete em Guaraciaba do Norte

O município de Guaraciaba do Norte nos enviou um material bem bacana sobre uma sequência lúdico-didática que os educadores sociais realizaram há pouco tempo. Cerca de 150 crianças de 4 a 7 anos, participaram da atividade que levou o nome “Pintando o Sete” e aconteceu em um amplo espaço da Escola João Barreto dos Santos.

O objetivo era o de trabalhar, por meio da ludicidade, habilidades como a liderança, a criatividade e algumas técnicas teatrais. As crianças foram divididas em estações de brincadeiras, como as do labirinto de elástico, do tiro ao alvo, da aeróbica com balões, dos jogos populares, entre muitas outras.

As atividades forma concluídas com uma roda de conversa, em que as crianças e os educadores avaliaram e colocaram seus pontos de vista em relação à proposta da sequência lúdico didática.

Pedimos que sempre que houver novidades sobre as atividades do CCB nos municípios, não deixem de nos informar, para que as mídias sociais do Ceará Cresce Brincando estejam sempre atualizadas!